Regulamento Interno

O respectivo regulamento interno, encontra-se de acordo com o estipulado no artigo 56º  do Decreto Regulamentar n.º 5/97 de 31 de Março.

Disposições do regulamento interno:

  • Requisito do pessoal e suas funções:
    • Direcção
      • O Director é responsável do recinto;
      • O Director é responsável pelo Serviço de Segurança;
      • O Director do empreendimento é responsável pela ordem e correcto funcionamento das actividades, bem como pelo cumprimento de todas as disposições regulamentares do espaço;
  • Pessoal da Recepção
    • É da competência do pessoal de controlo e recepção controlar a entrada dos utentes e visitantes, prestando todas as informações e esclarecimentos que lhes sejam colocadas;
    • Compete ao pessoal de controlo e recepção assegurar que em nenhum momento é excedida a lotação máxima autorizada;
  • Pessoal da Vigilância
    • é da sua competência garantir a ordem e a correcta utilização das actividades;
    • Nas plataformas de partida de cada equipamento, existe um vigia;
  • Nadadores Salvadores
    • O pessoal de salvamento está habilitado e possui cartão de nadador-salvador válido em todo o território nacional;
    • É da competência do Nadador Salvador zelar pela segurança e direcção das actividades aquáticas;
    • O Nadador-salvador é o responsável directo pela segurança de cada actividade, pelo que o cliente deverá acatar as suas instruções, não o fazendo poderá expulso do recinto por falta de cumprimento das normas de utilização;
    • O Nadador-Salvador tem formação para prestar os primeiros socorros em caso de acidente iu doença súbita;
  • Pessoal de prestação de socorro
    • Este é constituído por enfermeiros com Cédula Profissional válida;
    • Será da sua competência a decisão do recurso aos meios externos de socorro e tratamento;
    • Em caso de acidente ou doença súbita, o pessoal de prestação de socorro comunicara obrigatoriamente ao responsável pela segurança do recinto. 
  • Pessoal da Segurança
    • É constituído por 2 elementos com formação profissional adequada para o cargo.
  • Pessoal da manutenção e conservação
    • Este recinto tem pessoal habilitado para a manutenção e conservação dos equipamentos e instalações. 

2) Não são admitidos menores de 12 anos que não se façam acompanhar por pessoa de maior de idade que se responsabilizem pela sua vigilância e comportamento;

 3) É proibido o acesso às pessoas que, pelo seu estado, possam perturbar a ordem ou tranquilidade publica, sendo também proibida a entrada de substancias ilícitas para dentro do recinto.

4) É interdito o acesso a pessoas portadoras de armas ou objectos que possam ser utilizados como tal;

5) É proibido comer, beber ou fumar nas zonas das actividades aquáticas:

6) É proibido a entrada no recinto de garrafas de vidro, de bebidas alcoólicas e de copos de vidro;

7) É interdito a entrada de animas no recinto;

8) Proibido o abandono no recinto de artigos ou matérias sem préstimo;

9) É expressamente proibido entrar nos equipamentos aquáticos com: óculos, pulseiras, fios, calções com fecho de metal e todos os objectos que possam causar danos nas superfícies ou aos restantes utentes;

10) Como normas de uso dos escorregas, pistas e rampas, é proibido:

  • os lançamentos de pé, ou de forma diferente da expressamente indicada para cada actividade;
  • A paragem em qualquer ponto das pistas e a formação de cadeia ou uniões com outros utentes;
  • A utilização das pistas a partir de qualquer ponto intermédio que não seja a plataforma de lançamento;
  • A permanência nos tanques de recepção após a queda nos mesmo;
  • A descida dos escorregas por crianças com idade inferior ou igual a 5 anos;
  • Descer com crianças ao colo ou mais que uma pessoa ao mesmo tempo no escorrega;

11) O utente deverá respeitar obrigatoriamente todas as directivas do parque: sinaléticas, formas de utilização dos equipamentos aquáticos. Em caso de desrespeito, poderá ser impedido pela gerência de os utilizar, possibilitando a saída do parque;

12) A gerência não se responsabiliza pelos prejuízos causados aos utentes pelos objectos e valores deixados ou abandonados nos balneários ou noutros locais dentro de recinto;

13) É permitido levar geleiras para a relva, bem como comer na relva, de modo a assegurar uma boa higiene da mesma. 

14) A gerência reserva o direito de recusa de entrada para utilização só do bar/esplanada.

15) Em caso de grupos escolares, é obrigatório a vigilância dos seus monitores. 

16) É obrigatório o uso de calçado para a utilização dos balneários e casas de banho;

17) O desrespeito de qualquer alínea do regulamento interno, confere 

o direito expresso e imediato da expulsão do utente, sem restrição ou indemnização;

18) O não cumprimento pelo utente do regulamento interno, o qual tenha provocado prejuízos, serão inteiramente e de imediato imputados a quem os causou.

19) Não nos responsabilizamos por danos ou roubos nas viaturas. Recomendamos não deixar objectos de valor no seu automóvel. 

20) Por motivos da situação COVID-19, informamos que:

– O parque tem entrada e saída diferenciada;

– É de uso obrigatório máscara e chinelos em todo o recinto fechado: entrada e saída do parque, loja, balneários, Wc’s, cacifos, enfermaria, esplanada e bar/hamburgaria;

– O jacuzzi encontra-se encerrado por exigência da DGS;

– Todas as bóias vindas do exterior não poderão ser utilizadas no nosso recinto; 

– Aconselhamos o uso de óculos de mergulho dentro de água e na zona envolvente;

– Não serão aceites grupos escolares com mais do que 10 crianças;

– Apelamos à repetida desinfecção das mãos;

– O uso do livro de reclamações físico está vedado por imposição do IPDJ e DSG (como medida de segurança), tendo como alternativa o livro de reclamações online; 

– Existe no nosso estabelecimento um Plano de Contingência;

– Apelamos para que sejam responsáveis de modo a que mantenham o distanciamento social de 1,50/2m bem como a aplicação de todas as medidas de seguranças exigidas tais como correcta utilização da máscara e correcta etiqueta respiratória. Pelo parque estão espalhados panfletos de sensibilização, existindo também dispensadores de loção desinfectante;  

– A disposição da esplanada não poderá ser alterada: por 1 mesa só poderá ter 4 cadeiras; 

– Os chuveiros dos balneários encontram-se encerrados como medida de segurança; 

– A lotação máxima dentro dos Wc’s e balneários é de 8 pessoas; no Wc’s dos deficientes é de 2. Nos WC’s da plataforma superior só é permitida 3 pessoas de cada vez;

– Os parques infantis estarão encerrados até nova ordem por parte da Delegação de Saúde; 

– No acesso à Plataforma Superior, existe um acesso somente para a descida que se encontra a meio do relvado, sendo os outros 3 caminhos para subir;

– Na Plataforma Inferior, existe um lava-pés destinado apenas à saída desta, existindo outros 2 para a sua entrada; 

-Todos os nossos colaboradores receberam formação do Plano de Contingência. Estando também munidos de todas as EPI’s necessárias para a realização do seu trabalho; – Seremos constantemente vistoriados pela Delegação de Saúde da Região; 

– Pedimos que seja responsável pelo seu lixo em toda a zona do parque, inclusive o parque de estacionamento. Não abandone a sua máscara em qualquer lugar, existem caixotes do lixo onde as pode deitar; 

– Caso se esqueça da máscara, poderá comprar na bilheteira. Sem máscara não poderá entrar no parque; 

– A nossa lotação está reduzida a 550 pessoas. Ao atingir a lotação permitida, não serão aceites / vendidos mais cupões de entrada, sem qualquer aviso prévio.

– As espreguiçadeiras são de utilização única por dia por cliente. Ao final de cada dia, serão desinfetadas.

– A qualquer momento, o Regulamento Interno poderá

ser alterado, de forma a adaptar-se às novas orientações por parte da DGS;

A gerência, para segurança e bem estar dos utentes, pede a colaboração e o respeito por todas as normas de segurança do regulamento interno.

A Gerência